top of page
Buscar

Value-Based Health Care: Beba abundantemente da Fonte de Pieria

Atualizado: 14 de dez. de 2021

Marcia Makdisse, MD, PhD, MBA, VBHC Green Belt, MSc Health Care Transformation.

Sócia-Fundadora da Academia VBHC.

Um dos grandes desafios enfrentados para a implementação da estratégia de Value-Based Health Care - VBHC (Cuidados de Saúde Baseados em Valor) ainda é o limitado grau de conhecimento que os diversos stakeholders do sistema de saúde possuem dos seus conceitos fundamentais.


Uma análise de 255 publicações com citações das 12 publicações consideradas ‘artigos fonte de VBHC’ mostrou que a maioria deles apresentava um grau de entendimento superficial ou ausente em relação aos quatro conceitos-chave de VBHC analisados:


Valor, desfechos em saúde, custos e sistema (incluindo organização e stakeholders)1. Dentre os artigos fonte, o mais citado foi o artigo “What is Value in Healthcare?”, publicado em 2010 por Michael Porter no The New England Journal of Medicine².


A conclusão e, ao mesmo tempo, um alerta derivado dessa análise é que não parece haver entendimento suficiente dos 4 aspectos fundamentais necessários para o desenvolvimento da gestão baseada nos conceitos de VBHC e que, possivelmente, vem ocorrendo um processo de diluição e não de difusão do conhecimento de VBHC.


Em seu ‘Ensaio sobre a Crítica’ (An Essay on Criticism) publicado em 1711, Alexander Pope já chamava a atenção para o perigo do conhecimento limitado e superficial:


O poema menciona a Fonte de Pieria (The Pierian Spring), na Macedônia Antiga, onde segundo a Mitologia Grega, nasceram as Musas, e que era considerada a fonte do conhecimento que inspirava aqueles que dela bebiam. A mensagem de Pope leva a reflexão de que pouco conhecimento intoxica o cérebro e nos leva a crer que sabemos mais do que de fato sabemos, enquanto ao aprofundarmos nosso conhecimento nos tornamos conscientes do quão pouco sabemos e o quanto ainda temos a aprender.


Por outro lado, ainda se discute pouco no Brasil, a aplicação dos conceitos de VBHC no contexto da Gestão de Saúde Populacional. Conceitos como o Quádruplo Valor, Stewardship, Sistema de Saúde 3D, entre outros, vem sendo enfatizados pelo Prof. Sir Muir Gray por meio de suas inúmeras e valiosas contribuições ao Sistema Nacional de Saúde Inglês (NHS) e em seus livros, em especial no livro “How to Get Better Value Healthcare”, publicado em 2007 e que se encontra na terceira edição (2017). Suas obras nos apresentam uma visão mais ampliada de Valor, que evoluiu ao longo do tempo de uma visão de ‘Triplo Valor” para a atual visão de “Quádruplo valor” que inclui o Valor Técnico, o Valor Pessoal, o Valor Alocativo e o Valor Social, além de outros conceitos fundamentais como o de Stewardship na Saúde. Os principais conceitos podem ser acessados em Português no Glossário da Academia VBHC, por meio de uma parceria com o Prof. Muir Gray. Também como parte dessa parceria, a versão brasileira do livro “How to Get Better Value Healthcare”, será lançada com adaptações ao contexto do nosso país.


Para quem busca aprofundar seu entendimento de VBHC, procure o conhecimento na fonte e o beba em grandes goles...


Compartilho minha Fonte de Pieria que tem como base os três livros abaixo.


Não basta lê-los (goles rasos), é preciso estudá-los (grandes goles) e tê-los sempre à mão...



Redefining Health Care: Creating Value-Based Competition on Results

Porter, Michael E., and Elizabeth O. Teisberg. Redefining Health Care: Creating Value-Based Competition on Results. Boston: Harvard Business School Press, 2006.


A versão impressa em português encontra-se esgotada, porém é facilmente adquirida em formato Kindle: Repensando a Saúde (Portuguese Edition) [Print Replica] Kindle Edition, by Michael E. Porter, Elizabeth Olmsted Teisberg.


How to Get Better Value Healthcare

Muir Gray, JA; Bevan, Gwyn; Cripps, Matthew; Jani, Anant; Ricciardi, Walter. How to Get Better Value Healthcare: third edition. Offox, 2017.


An Introduction to Quality Assurance in Health Care

Donabedian, A. An Introduction to Quality Assurance in Health Care. Oxford University Press, Oxford, UK, 2003.


Time-Driven Activity-Based Costing: A Simpler and More Powerful Path to Higher Profits.

Kaplan, R. S., and Steven R. Anderson. Time-Driven Activity-Based Costing: A Simpler and More Powerful Path to Higher Profits. Boston: Harvard Business School Press, 2007.


Referências


1. Fredriksson JJ, Ebbevi D, Savage C. Pseudo-understanding: an analysis of the dilution of value in healthcare. BMJ Qual Saf. 2015 Jul;24(7):451-7. doi: 10.1136/bmjqs-2014-003803. Epub 2015 May 14. PMID: 25977315.


2. Porter ME. What is value in health care? N Engl J Med. 2010 Dec 23;363(26):2477-81. doi: 10.1056/NEJMp1011024. Epub 2010 Dec 8. PMID: 21142528.


Publicado por

Marcia Makdisse, MD, PhD, MBA, VBHC Green Belt

Artigo inicialmente publicado no LinkedIn em 31/12/21. Versão revisada publicada em 21/12/21.

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page