Banner Nuvem de palavras_Valor em saúde site.jpg

Agenda de Valor

Definição

A Agenda estratégica de valor é composta de 6 elementos interdependentes que se reforçam mutuamente para promover a implementação de sistemas de saúde de alto valor:
1 - Organizar o cuidado em Unidades de Prática Integrada (UPIs)
2 - Medir Desfechos e Custos para Todo Paciente
3 - Mudar o Modelo de Pagamento para Bundles para Ciclos Completos de Cuidado
4 - Integrar as Unidades de Prestação do Cuidado
5 - Expandir o Alcance Geográfico
6 - Construir uma Plataforma de Tecnologia da Informação que Facilite a Estratégia.

Fontes:

Porter ME, Lee TH. The Strategy That Will Fix Health Care. Harvard Business Review; 91(10):50-70.
Porter M, Lee T. Integrated Practice Units: A Playbook for Health Care Leaders. NEJM Catalyst Innovations in Care Delivery 2021; 2(1). DOI:https://doi.org/10.1056/CAT.20.0237

​Uso do termo | Significado

"Implementar essa transformação não demanda dar um único passo, e sim uma estratégia abrangente. Chamamos isso de "Agenda de Valor". Será necessária uma reestruturação na forma como a prestação da assistência é organizada, medida e remunerada. Em 2006, Michael Porter e Elizabeth Teisberg introduziram a agenda de valor em seu livro Repensando a Saúde (Porter ME, Teisberg EO. Redefining Health Care: Creating Value-Based Competition on Results. Boston: Harvard Business School Press, 2006). Desde então, por meio de nossa pesquisa e do trabalho de milhares de líderes de saúde e pesquisadores acadêmicos em todo o mundo, as ferramentas para implementar a agenda vem sendo desenvolvidas e sua implementação por prestadores e outras organizações está se espalhando rapidamente."
Fonte: Porter ME, Lee TH. The Strategy That Will Fix Health Care. Harvard Business Review; 91(10):50-70.

Termo(s) em inglês:
Value Agenda

Fonte:
Glossário da Academia VBHC